Sábado, 28 de Maio De 2011

HÁ UM HOMEM À ESPERA DE VENCER !...

HÁ UM HOMEM À ESPERA DE VENCER

há um homem corajoso na praça
que enfrenta o coro da multidão
diz-se inocente da injúria e da soez trapaça
daqueles que lhe chamaram ladrão
**
há um homem que olha de frente
a um por um sorri esperançoso
que alguém na praça sua força aumente
contra os que lhe chamam mentiroso
**
há um homem sem medo confiante
a remar na praça sem maré
que aponta à multidão o erro gritante
embriagados de ódio e falsa fé
**
há um homem que se reclama de interface
entre o velho e o novo humanismo
que por si só concentrou a avalanche
dos que defendem o anarco-liberalismo
**
há um homem competente sendo evidência
que a propaganda sórdida quer calar
ele espera do pensamento a consciência
da multidão atiçada para o arrasar
**
há um homem vitima de histeria colectiva
numa praça de gente irada pela ilusão
tem uma rosa na mente que agita voz emotiva
escorre-lhe um fio de sangue do coração
**
há um homem que recusa deixar-se vencer
que alimenta no sonho a esperança
de ser a luz diáfana dum novo amanhecer
sentido em cada sorriso de criança
**
jrg

sinto-me: confiante
música: Sérgio Godinho...Hoje é o Primeiro Dia...
publicado por romanesco às 11:49
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Maio De 2011

GALERIA DE POLITICOS... - VII - UMA LEITURA POÉTICA NOS LÁBIOS E NOS OLHOS DE...JOSÉ SÓCRATES!...


imagem pública tirada da net
José Sócrates…PS
***
Quando alguns dias depois de se nascer
Os olhos se abrem a todo  o mundo
Começam desde logo cedo a perceber
O vagido dos lábios mais profundo
**
O que estes olhos a mim transmitem
lealdade firmeza  e atenção devida
coragem frontal contra os que aviltem
a inteligência de mistérios repartida
**
 não há aqui um sorriso explicito aberto
talvez porque o momento  é de contenção
o brilho que traduz o todo em concerto
é de alguém que sendo povo é da nação
**
estes olhos não se iludam não mentem
antes confiança e bonomia inspiram
são da alma que sente os que o sentem
aqueles que ao olhá-lo nele confiam
**
estes olhos não são de um criminoso
nem os lábios se contraem na insídia
vejo neles uma imagem de ser ditoso
que enfrenta da calúnia a vilania
**
estes olhos não fomentam corrupção
são olhos que apelam a cerrar fileiras
a fins de apelar à alma e ao coração
contra o império das industrias financeiras
**
nestes lábios nestes olhos boa gente eu vislumbro
uma luz que resplandece na esperança
que serenamente se eleva ao rubro
ao pressentir a nova  humanidade na mudança
**
autor: jrg      
sinto-me: esperança
música: vejam bem!..Zeca Afonso
publicado por romanesco às 23:47
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

últ. comentários

  • Obrigada, meu amigo... acredite que estou a fazer ...
  • Um abraço também amiga, hoje é seu dia de ser meni...
  • Olá Rosa Fogo, minha amiga...que admiro desde que ...
  • Olá Nelson Moniz...lindo comentário, amigo, que am...
  • meu amigoli alguns poemas e passei uns bons moment...
  • Um abraço grande e fraterno para si!
  • Lindíssimo poema. Parabéns!A infância é eterna em ...
  • Boa tarde minha querida amiga poetaporkedeusquer.....
  • Boa tarde querida amiga Fernanda Cardoso...leio en...
  • Fabuloso poema, amigo João R. Gonçalves! Fabuloso!...

links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro