Domingo, 05 de Junho De 2011

TODOS OS ANOS...OS ANOS !...

«««//»»»

lembro-me de quando fazia anos...
a magia no desembrulhar das surpresas...
as mãos tantas vezes vazias...
as palavras que limitavam os danos...
os olhares que apagavam tristezas...
a alma exuberante de fantasias...

*

lembro-me os dias de fazer anos...
os castelos de areia desfeitos no mar de maresia...
os sonhos de crescer em cada pesadelo...
a mente a estalar pelos desenganos...
as sobras dos anos que um outro fazia

os brinquedos de lata ou de pau singelo...

*

lembro-me de quando fazer anos
era uma marca efémera de ser menino
os doces a roupa estreada ser maior crescer
perdidas desculpas pelos erros humanos

és grande quase um homem e tão pequenino

trabalhar estudar deus pátria família a ceder

*

hoje por minha própria vontade
não quero fazer anos lembrar que cresci
sou apenas um momento breve de que guardo memória
para quem me sentiu sou mera saudade
do tempo a que me ajustei e nele me perdi

à deriva dos ventos à mercê dos ecos da história

*

porque todos os dias há uma efeméride
que assinala cada movimento na descoberta de existir
um manifesto de amor
sou sendo centro de gravitação dum asteroide
que me atrai de encontro às partículas do devir
adejando sobre sensuais pétalas de flor

*

jrg

sinto-me: corajoso
música: Mafalda Veiga
publicado por romanesco às 17:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 04 de Junho De 2011

O VOTO...A REFLEXÃO...VOTAR!...

O VOTO...A REFLEXÃO...VOTAR!...

***//***
estou no final desta enorme confusão
dizem que o voto é uma arma de arremesso
mas sendo eu pacífico não voto contra ninguém
voto a favor do projecto que me toque o coração
na esperança dum humanismo que conheço
onde a paz e o amor não se diluem
*
desde há seis anos o ódio em crescendo
debitando insulto e calúnia sobre um homem só
na minha consciência tão violentada
cresce um sentimento novo na alma apetecendo
ao sentir que a brisa levanta todo pó
que assenta nos sofistas como luz na madrugada
*
penso na utilidade de votar em prol da esperança
sem certezas mas convicto da maturidade
dum jardim onde rosas vicejam nas pétalas aromadas
passo ao lado dos que clamam vingança
olho de frente os que se aliaram à ignara castidade
e vejo um homem que sorri às farpas afiadas
*
"
eu que fui contra :
»
_a extinção dos povos Incas
por pura ganância de ter riqueza
»
_a destruição dos segredos guardados na torre mítica de Babel
por pura ignorância da barbárie sedenta de poder
»
_a razia maciça da Amazónia e seus autóctones
por pura abstracção de inteligência
»
_a deflagração da bomba de Hiroshima
por puro desespero de quem se arroga o direito de vencer
»
_a mortandade das gentes Africanas
por pura estratégia das divisões neles induzidas
»
_o genocídio de Judeus Croatas ou Palestinianos
por pura arrogância e aventura das consciências
»
_a morte de Francisco Sá Carneiro
por pura denegação aos seus princípios e valores
»
_o abate de Sadam como acto final dum espectáculo deplorável
por pura vingança dos seus criadores de conveniência
»
_o terrorismo lançado contra Ossama, em directo
por puro silenciar da conspiração de outras mentes criminosas
»
_a condenação de Damião de Góis e os livros queimados na fogueira
por puro medo de concepções religiosas já então obsoletas
»
-a guerra colonial Portuguesa e a história idílica das descobertas
por pura sonegação dos direitos de humanidade
»
_a ditadura..todas as ditaduras...
por pura colectivização do pensamento
»
_a perseguição...o ódio intolerante a José Sócrates
por pura insolvência de ideias das mentes e interesses que ele afrontou
"
*
reflecti sobre a tragédia humana
que neste fim de mundo me e nos acontece
a ver gente erudita cheia de certezas
porque sou do amor a paz que dele emana
porque acredito que o sendo é a catarse
olhei as doces rosas e votei nelas tão surpresas
*
autor: jrg
sinto-me: convicto
música: Hoje é o primeiro dia do resto das nossas vidas-Sérgio Godin
publicado por romanesco às 19:07
link do post | comentar | favorito
Sábado, 28 de Maio De 2011

HÁ UM HOMEM À ESPERA DE VENCER !...

HÁ UM HOMEM À ESPERA DE VENCER

há um homem corajoso na praça
que enfrenta o coro da multidão
diz-se inocente da injúria e da soez trapaça
daqueles que lhe chamaram ladrão
**
há um homem que olha de frente
a um por um sorri esperançoso
que alguém na praça sua força aumente
contra os que lhe chamam mentiroso
**
há um homem sem medo confiante
a remar na praça sem maré
que aponta à multidão o erro gritante
embriagados de ódio e falsa fé
**
há um homem que se reclama de interface
entre o velho e o novo humanismo
que por si só concentrou a avalanche
dos que defendem o anarco-liberalismo
**
há um homem competente sendo evidência
que a propaganda sórdida quer calar
ele espera do pensamento a consciência
da multidão atiçada para o arrasar
**
há um homem vitima de histeria colectiva
numa praça de gente irada pela ilusão
tem uma rosa na mente que agita voz emotiva
escorre-lhe um fio de sangue do coração
**
há um homem que recusa deixar-se vencer
que alimenta no sonho a esperança
de ser a luz diáfana dum novo amanhecer
sentido em cada sorriso de criança
**
jrg

sinto-me: confiante
música: Sérgio Godinho...Hoje é o Primeiro Dia...
publicado por romanesco às 11:49
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Maio De 2011

NOVA APOLOGIA DE SÓCRATES!...

NOVA APOLOGIA DE SÓCRATES!...

***
não sigo nem adoro ídolos
sou profundamente convicto dos sensores iónicos
o que me move aqui é o ver todos os díscolos
a ferrar o dente num homem de valores harmónicos

1

**
-a mediocridade dos valores assentou praça em Lisboa!...
-Sócrates promoveu o limite de pobreza para 400 euros!..

**

tudo o que está mal neste país ... (Portugal)
é culpa de Sócrates e dos Socialistas
é a face da estultícia quem o diz
dos que manipulam as mentiras patriotistas

2

**
querem que tome a cicuta...se esfume...porque resiste à mediocridade!...
Sócrates promoveu a "ignorância", através do programa "Novas Oportunidades!...
 
 **
a história é assaz repetitiva
desde que se relatam os acontecimentos
desde a alegoria de Eva tão lasciva
seduzindo Adão contra os mandamentos

3

**
-logo que pisou a arena insinuaram que era Gay!...
-Sócrates promoveu mais igualdade, contra os preconceitos...lei do aborto...lei dos casamentos homossexuais!...

**
 passando pela Santa inquisição
a culpa de todo o infortúnio era da heresia
todo o ser que não fosse de prática Cristão
seria o fruto proibido da pura fantasia
4

**
-espiolharam as suas credenciais académicas!...
-Sócrates promoveu à responsabilidade a classe docente, pelo atraso cultural endémico do povo Português!...
 
**
lembro a ridícula fórmula do estado novo
"quem não for por nós é contra...é comunista...
gente que subverte e adultera o povo
regurgitando a sua vertente  patriota pacifista

5

**
-tentaram envolver o homem nos negócios sujos do Freeport!...
-Sócrates promoveu a distribuição de medicamentos genéricos grátis, enquanto pôde, pelas pessoas de rendimentos insuficientes!...

**
 o vento que sopra é de induzida mudança
não traz a mutação anunciada
não é moldável como a mente duma criança
é furacão selvagem que traz ao centro a derrocada

6

**
-perseguiram a sua vida íntima, na árvore genealógica e nos amores!...
-Sócrates promoveu as alternativas energéticas ambientais!...
 
**
ninguém pode ser justo se o ódio brame
até mesmo as feras fazem pactos de nobreza
só alguém de mente e alma insane
pode almejar a morte à humana natureza

7

**
-acusaram-no de querer espiar o presidente!...
-Sócrates promoveu os medicamentos genéricos...afrontou poderes de farmácias e laboratórios!..

 **
o que está para vir é de outra dimensão
e não está ao alcance inepto da mediocridade
faz mal o povo que não atenda à razão
de um só homem ser a vitima de tal ferocidade

8

**
-foi alvo de escutas para o envolverem nas teias da corrupção!...
-Sócrates promoveu o diálogo e o entendimento...deu a outra face à agressão...resistiu ao oportunismo!...
 
**
Sócrates é fixe pode ser um slogan afectivo
que liberte da pressão o alvo do ódio encarniçado
é bom também lembrar o que fez de positivo
a tanta gente rica e pobre que já virou passado
 

9
**
-afrontaram-no, em público, com o estigma de mentiroso!...
-Sócrates promoveu melhor saúde para os Portugueses...a realidade suplanta a onda da calúnia!...
 
 **
insinuaram que era como Hitler obsessivamente obstinado
e ninguém proibiu o energúmeno catedrático
vejam bem como foi o Coelho da Madeira silenciado
por ofender o imperador da Ilha intocável de lunático
 

10
**
-é indescritível o volume das palavras de destruição maciça utilizadas para abater um só homem, sem qualquer pudor de ética...
-Sócrates mostrou ser um homem de extrema coragem...tem um olhar sereno de esperança...e um sorriso que cativa confiável...
 
 **
se não é intolerância de meninos mimados
que pretendem ocultar à humana consciência
que de há muito são globais as regras que regem os estados
o que é ... senão propósitos obscuros de reduzir um povo à impotência
 

11
**
- inventaram que queria tomar de assalto a TVI!...se ele fosse ao menos um ditador!...
- Sócrates promoveu o homem Português...permitam-lhe o mérito de calar o alarido do descrédito!...
 
 **
intentaram moções de censura
desceram aos níveis mais baixos da arrogância
uniram forças estranhas contra natura
perdidos no mais profundo da medíocre abundância
12
**
- culpam-no de ter levado o país à beira da bancarrota!...
- Sócrates promoveu a revolução tecnológica...a inovação e a modernidade dos Portugueses!...
autor: jrg
sinto-me: rumo ao norte
música: hino à alegria
publicado por romanesco às 00:09
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Novembro De 2010

A EXPULSÃO DO MEDO

 

 

 

hoje entramos na casa da solidão
homens e mulheres de olhos ausentes
meninos meninas que brincam quietos
são aspectos da vida em contra-mão
existências sem alma sobreviventes
aspiram amor que os tornem despertos

mulheres vencidas pela violência
desatados os nós efémeros da relação
deambulam em círculos de indiferença
à espera sem norte duma evidência
duma magia no limite da sua razão
levamos amor esperança e luz intensa

homens soberbos tolhidos de medos
desemprego a doença sonhos desfeitos
omitem insuficiências culpam a sorte
cansados da orgia guardam segredos
longe do mundo sofrendo os efeitos
levamos amor a luz a estrela do norte

meninos meninas de olhar diferente
nascidos de amores tão mal acarinhados
já não inventam jogos senis brinquedos
por todo o mundo são o mar de gente
que alimenta hipócritas despudorados
levamos amor sorrisos espantamos medos

um instante longo milhões de amores
um alarido sem fim suave e doce aurora
cessou denso mistério toda a melancolia
homens mulheres e crianças de flores
vencido o estigma indo o medo embora
de amor vestidos por pétalas de poesia

autor: jrg
sinto-me: com força
música: Bolero de Ravel
publicado por romanesco às 01:54
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Março De 2010

MULHER LIVRE

 

Como é possível no mundo haver

 Olhos belos tanta tristeza

Apenas por ser uma mulher

E tida por de maior fraqueza

 

Quando vejo os olhos dela

Que rutilam sorridentes

Senhora de saberes tão bela

Lanço gritos estridentes

 

É mãe mulher amante

E livre no pensamento e ser

Não há homem por mais tratante

Que não lhe deva viver

 

Quando vejo os olhos dela

Entre estrelas cintilantes

De natureza tão bela

Seus perfumes fascinantes

 

Que vileza cobardia nela bater

Violentá-la no eu na mente

Todo o homem que se ri do seu sofrer

É um aborto gorado má semente

 

 

 

Quando vejo os olhos dela

Doces lânguidos meigos de ternura

Mal posso imaginar que sendo bela

Seja vítima de maus tratos de tortura

 

Que lentidão para reconhecer

Sua dinâmica e força superior

Quanto tempo pode durar para viver

Na era da mulher plena a seu favor

 

Quando vejo os olhos dela,

Na luz do sorriso, radiantes

Exorto a criadora pura e bela

A aproximar os mundos tão distantes

 

Que absurdo este legislar

Sobre direitos absolutos naturais

Nada pode impedir uma mulher de dar

Educação e sentido aos homens colossais

 

Quando vejo os olhos dela

Azuis ou verdes pretos castanhos

Ou de outras cores que a fazem bela

Incito-a a libertar-se de medos estranhos

 

Que toda a mulher se permita a ousadia

De ser o rosto sonhado da justiça

Não só cantada em versos de dúctil poesia

Mas tida em conta como mais valia ética

***

Quando vejo os olhos dela

Febris de amor ou sofrimento

Fico suspenso de saber se de tão bela

É agora chegado o seu momento

 autor: JRG

 

sinto-me: viva o ser livre
música: Bolero de Ravel
publicado por romanesco às 00:36
link do post | comentar | favorito
Domingo, 07 de Março De 2010

MEDO...

 

 

 

 

 

 

aqui estou eu postado

sentinela avançada do meu medo

vestindo a personagem do soldado

numa guerra que me dita este degredo

 

vêm de longe do homem a quatro patas

todo o saber acumulado é-me indiferente

o homem antes de ainda andar de gatas

não era esta máscara que hoje nos mente

 

moldamos o carácter procura inglória da perfeição

desde as origens o homem crescendo meio razão meio selvagem

por muito que lhe adocem com ternura o coração

se sente a ameaça é na barbárie vítima e carrasco da  voragem

 

autor:JRG

 

sinto-me: introspectivo
música: Bolero de Ravel
publicado por romanesco às 17:39
link do post | comentar | favorito
Domingo, 03 de Maio De 2009

MÃE NA INFINITUDE DO SER MULHER

era uma menina cresceu  adolescente

mimada até que ao ser mulher se despertou

entedeu que feminina era condição urgente

de ser do mundo inteiro a mãe que sempre amou

 

correu o mundo em devaneios de conhecimento

em África e na Arábia encontrou meninas mães violentadas

na Ásia e Oceania mães impedidas de ser da luz da vida um momento

na América mães superlativas sexys escancaradas

É na Europa que a mãe de tudo um pouco é tormento

mulher madura mãe de filho em cada continente sem alento

 

hoje tem dia de festa lembrete condecorações

esquecida a vilania do dia a dia pelos pães

falada na rádio na net e nas televisões

é tempo de ser tida como a mãe de todas as mães

 

autor: J.R.G.

 

 

 

 

 

 

sinto-me: filho de todas as mães
música: Do filme: My Fair Lady
publicado por romanesco às 00:00
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Janeiro De 2009

EM GAZA SÓ UMA LUZ DE CIMA É AMOR

o dia fazia a sua caminhada ainda sem brilho
fuligem e fumo a derrocada das casas de adobe
crianças de olhar triste pisavam chorando o trilho
sem medo que os abutres invasores algo lhe robe

havia muitos corpos espalhados no chão enlameado
corpos em pedaços de gente sem membros nem alma
meninas mulheres, meninos soldados olhar esfomeado
e havia o r uído das bombas que a intervalos se acalma

pessoas f ugiam espavoridas buscando r efúgio guarida
numa nesga de espaço que Deus sempre nos guarda
crianças em bando de mãos dadas grito desesperante

soprou o vento o raio o trovão a chuva copiosa que invalida
calaram fogo os invasores tementes de perder a rectaguarda
e um raio de luz vindo de cima anulou a invasão arrepiante

sinto-me: Perante um pesadelo
música: bairro negro - José Afonso - Mariza
publicado por romanesco às 19:16
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Setembro De 2008

MOVIMENTO PIJAMINHA (PARA O IPO)

Do espaço Astrológico

http://espelhodevida.blogspot.com

Causas de todos

 




Movimento Pijaminha (para o IPO)

São necessários (principalmente) pijamas para as crianças que estão no
Instituto Português de Oncologia a fazer tratamentos de quimioterapia.
Após os tratamentos, os pijamas ficam muito sujos e gastam-se
rapidamente.
Esta ideia surgiu há dois anos e hoje já é apelidada de *Movimento
Pijaminha* pelo sucesso que têm tido os esforços conseguidos!
As necessidades existentes passam pela falta de pijamas, pantufas,
chinelos, meias, robes e fatos de treino.
Para todos a vida não está fácil, mas dentro das possibilidades de
cada um há sempre espaço para participar, comprando ou obtendo junto
de amigos e familiares agasalhos que já não sirvam.
No ano passado foram entregues 76 pijamas e o IPO ficou muito
satisfeito com esta dádiva.
Este ano vamos repetir a façanha, e se possível ultrapassar este número.
Se divulgarem já estão a ajudar!!!

 

             -------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Correspondendo ao apelo veículado pela minha amiga Ana Cristina Corrêa Mendes em

http://espelhodevida.blogspot.com.

As minhas felicitações, a minha solidariedade, a minha partilha de espaço na divulgação.

 

sinto-me: solidário
música: Dó, ré, mi...de Música no Coração(filme)
publicado por romanesco às 15:28
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

últ. comentários

  • Obrigada, meu amigo... acredite que estou a fazer ...
  • Um abraço também amiga, hoje é seu dia de ser meni...
  • Olá Rosa Fogo, minha amiga...que admiro desde que ...
  • Olá Nelson Moniz...lindo comentário, amigo, que am...
  • meu amigoli alguns poemas e passei uns bons moment...
  • Um abraço grande e fraterno para si!
  • Lindíssimo poema. Parabéns!A infância é eterna em ...
  • Boa tarde minha querida amiga poetaporkedeusquer.....
  • Boa tarde querida amiga Fernanda Cardoso...leio en...
  • Fabuloso poema, amigo João R. Gonçalves! Fabuloso!...

mais comentados

links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro