Sábado, 13 de Junho De 2009

LISBOA É UMA CIDADE BELA

rosto de mulher bonita
sorriso doce melodia
Lisboa é uma cidade catita
doce aroma que nos inebria

é certo que já não correm cavalos
na 24 Julho junto à  Ribeira
nem vozes alteradas nem estalos
já não há rufias nem feira

mas Lisboa vista duma colina
que são hoje prédios alturas
é uma cidade com pinta ainda Pombalina
onde florescem amores se cometem loucuras

 

canto as rameiras picarescas

as alamedas deslumbrantes floridas

canto as colinas sobre o rio aragens frescas

canto a Lisboa real e a dos turistas

 

eu canto de Lisboa a juventude

a cor a luz a cidade bela

como um pintor que pinta a infinitude

da alma de Lisboa sobre a tela

 

jrg

 

 

<script type="text/javascript">
var gaJsHost = (("https:" == document.location.protocol) ? "https://ssl." : "http://www.");
document.write(unescape("%3Cscript src='" + gaJsHost + "google-analytics.com/ga.js' type='text/javascript'%3E%3C/script%3E"));
</script>
<script type="text/javascript">
try {
var pageTracker = _gat._getTracker("UA-9207113-5");
pageTracker._trackPageview();
} catch(err) {}</script>

sinto-me: Lisboeta
música: Lá Vai Lisboa
publicado por romanesco às 16:17
link do post | comentar | favorito
Sábado, 06 de Junho De 2009

PRÉMIO BLOG DORADO

Do meu amigo António Rosa da Escola de Astrologia Nova Lis , em cujo site de grande excelência apreendo lições de vida, no sitio  Cova do Urso, de entreajuda pessoal, e que reafirmo ser indispensável visitar e ficar afim de beber da sã sabedoria que ele e os visitantes, ou comentadores assíduos e amigos, nos proporcionam sobre a realidade concreta  que é a vida, descodificada dos preconceitos. É um lugar de grande qualidade cultural e despiste de situações dramáticas que afectam a mente, é um lugar de culto e de terapia para a auto-ajuda. Visita-o.

 

recebi um prémio prestigiante

vindo dum mestre em Astrologia

que fiz eu penso um principiante

para merecer tão douta honraria

 

na edição o mestre é um resistente

desafiando as leis contrárias da economia

remador indómito na contra corrente

corrente  sem lei em lenta agonia

 

ofereço o que sei com pouca mestria

sei pouco de estrelas e planetas distantes

mas no que escrevo sinto alegria

sou sonhos de escrita nem sempre constantes

 

António obrigado por este momento

desejo sucesso para os seus projectos

que toda a luz cármica seja um elemento

de importância vital em todos os aspectos

 

j.r.g. 

 

 

 

 

 

<script type="text/javascript">
var gaJsHost = (("https:" == document.location.protocol) ? "https://ssl." : "http://www.");
document.write(unescape("%3Cscript src='" + gaJsHost + "google-analytics.com/ga.js' type='text/javascript'%3E%3C/script%3E"));
</script>
<script type="text/javascript">
try {
var pageTracker = _gat._getTracker("UA-9207113-3");
pageTracker._trackPageview();
} catch(err) {}</script>

 

 

sinto-me: amigante
música: Danúbio Azul
publicado por romanesco às 00:32
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

últ. comentários

  • Obrigada, meu amigo... acredite que estou a fazer ...
  • Um abraço também amiga, hoje é seu dia de ser meni...
  • Olá Rosa Fogo, minha amiga...que admiro desde que ...
  • Olá Nelson Moniz...lindo comentário, amigo, que am...
  • meu amigoli alguns poemas e passei uns bons moment...
  • Um abraço grande e fraterno para si!
  • Lindíssimo poema. Parabéns!A infância é eterna em ...
  • Boa tarde minha querida amiga poetaporkedeusquer.....
  • Boa tarde querida amiga Fernanda Cardoso...leio en...
  • Fabuloso poema, amigo João R. Gonçalves! Fabuloso!...

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro